Newsletter


Novidades

Xiaomi: Redmi Note 9, 9 Pro e Mi Note 10 Lite são oficiais. Estes são os seus preços.

A Xiaomi revelou hoje de forma oficial os novos Xiaomi Redmi Note 9, Redmi Note 9 Pro e Mi Note 10 Lite. Os novos smartphones parecem ser promissores no que diz respeito às suas caraterísticas. Mas será que que compensam? Vamos analisar!


Xiaomi Redmi Note 9

O novíssimo Redmi Note 9 traz um ecrã IPS de 6,53 polegadas com resolução FHD + e um "punch hole" no canto superior esquerdo onde se encontra a sua câmara frontal de 13MP. Na parte de trás, temos o mesmo sensor principal - Samsung GM1 - de 48MP, juntamente com uma lente ultra-wide de 8MP e mais duas de 2MP - um para fotos macro e outra que funciona como sensor de profundidade para auxiliar no modo retrato. O leitor impressões digitais fica logo abaixo das câmaras (não, não é embutido no ecrã!).

No interior do Redmi Note 9, encontramos o novo SoC MediaTek Helio G85. Inclui um CPU octa-core (2 núcleos Armex-75 com clock 2.0GHz e seis núcleos com clock 1.8GHz, para alto desempenho e eficiência, respetivamente) e a GPU Mali-G52. O Redmi Note 9 poderá ser encontrado com 3 / 4GB de RAM e  64 / 128GB de armazenamento. Possui uma bateria de 5.020 mAh com carregamento rápido com fio de 18W. O smartphone vem com MIUI e Android 10. 

É dual-SIM; para quem gosta, possui ainda um sensor infravermelho, entrada P2 e NFC, para além dos outros tipos de conexões, comuns à maioria dos smartphones. Estará disponível em preto, branco e cinza com a versão base a custar cerca de 229€ e a versão de 4/128GB a custar 269€.

Xiaomi Redmi Note 9 Pro

No que diz respeito ao design, o Note 9 e o 9 Pro são muito semelhantes. Alertamos para o facto do Note 9 Pro já ter sido, teoricamente, apresentado, uma vez que este corresponde à versão global do Redmi Note 9 Pro Max.


O Redmi Note 9 Pro vem equipado com um ecrã IPS de 6.67 polegadas FHD com "punch-hole" no centro, quatro câmaras traseiras de 64MP (wide) + 8MP (ultrawide) + 5MP (macro) + 2MP (profundidade). A capacidade de processamento está a cargo do Snapdragon 720G, uma alternativa que agrada mais ao público em geral, comparativamente à solução Mediatek. 

A bateria é de 5.020mAh. É também dualSIM e possui entrada P2 para auriculares. Vem com Android 10 associado à interface da marca, MIUI 11.

O leitor de impressões digitais pode ser encontrado na lateral do smartphone. Vem em versões de 6/64GB e 6/128GB,  a custar 299,99€ e 329,99€ respetivamente. 

Xiaomi Mi Note 10 Lite

O Mi Note 10 Lite estará no mercado já em Maio por 349 € para a variante de 6 / 64GB e 399 €, para o modelo de 6 / 128GB. O Mi Note 10 Lite parece mostrar-se a alternativa mais barata do já lançado Xiaomi Mi Note 10. Basicamente, não há muito que tenha mudado, exceto as câmaras. Estará disponível nas cores Nebula Purple, Glacier White e Midnight Black.

É construído em vidro e bem equipado com um ecrã curvo AMOLED de 6,47 polegadas FullHD+ e com o Snapdragon 730G que à partida dará bem conta do recado. A bateria é de 5020mAh com carregamento rápido de 30W. 

A verdade é que face ao Mi Note 10, este novo smartphone é um pouco inferior no que diz respeito à qualidade fotográfica, daí a sua redução de preço comparativamente ao modelo anteriormente referido. Convém, contudo, esclarecer que isso não faz dele um smartphone com más câmaras, antes pelo contrário.

Na parte traseira, está presente um sensor principal Sony IMX686 de 64MP, no lugar do sensor de 108MP fabricado pela Samsung, um sensor ultra-wide de 8MP, um macro de 5MP e um sensor de profundidade de 2MP.  Todavia, há que dar o merecido destaque à sua câmara de 32MP que promete fazer maravilhas. É importante referir que o leitor de impressões digitais é embutido no ecrã. O smartphone chegará com Android 10 + MIUI 11. 


Estes são os novos smartphones da Xiaomi. É importante referir que os preços podem sofrer algumas modificações quando chegarem a território nacional (possivelmente ficarão mais caros). 
O que achaste? Queremos saber a tua opinião!

Via 1, 2

Sem comentários